SOBRE ÍNDIOS, OCUPAÇÕES E DIREITOS

ago 22 2013

Entre Julho e agosto deste ano, a ocupação de uma área de 500 mil metros quadrados no quilômetro seis da rodovia Manuel Urbano, em Iranduba, com forte presença indígena de diversas etnias tem dado o que falar no Amazonas. Ocupações desse tipo não são nenhuma novidade na região metropolitana de Manaus. Quem não se lembra do episódio protagonizado pelo ex-prefeito Amazonino Mendes quando, ao se recusar a deixar uma área com risco de desmoronamento, uma ocupante escutou um sonoro: “Então morra”!

PIAÇABA É TEMA DE OFICINA NO RIO NEGRO

ago 9 2013

Entre os dias 28 e 30 de julho, aconteceu em Barcelos/AM a III oficina da cadeia produtiva do extrativismo da piaçaba. Estiveram presentes extrativistas, comerciantes, representantes das organizações sociais, poder público e de organizações não governamentais que atuam na área.

Educação escolar indígena é tema de seminário em Santa Isabel do Rio Negro (AM)

ago 8 2013

A Associação das Comunidades Indígenas do Médio Rio Negro (Acimrn) promoveu em 31/7 e 1º/8, o III Seminário de Educação Escolar Indígena em Santa Isabel do Rio Negro em parceria com a Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn), a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Instituto Socioambiental (ISA).

Os participantes do encontro apontaram que um dos principais entraves na implementação da educação escolar indígena diferenciada na região do Médio Rio Negro (AM), é a recusa do reconhecimento por parte dos órgãos governamentais

CARTA AVANÇADA DOS POVOS INDÍGENAS DO RIO NEGRO

jul 29 2013

Á:

Secretaria Especial de Direitos Humanos, Organização das Nações Unidas, Secretaria da Organização Internacional do Trabalho no Brasil; Partidos Políticos, Presidenta da República, Presidente do Senado, Presidente da Câmara.

Salve o Rio Branco

jul 25 2013

Movimento Puraké lança vídeo a favor da conservação do Rio Branco.

http://www.youtube.com/watch?v=hFIHob3aWAU

Organizações indígenas da Venezuela denunciam garimpeiros brasileiros de massacre contra yanomami

ago 29 2012

Três sobreviventes do massacre conseguiram fugir e se refugir em uma outra comunidade.

extraído de

http://acritica.uol.com.br/amazonia/Organizacoes-Venezuela-denunciam-gar...
Por Elaíze Farias

Organizações indígenas da Venezuela denunciaram nesta terça-feira (28) a matança de índios yanomami por garimpeiros do Brasil ocorrido em julho passado.

Diretor do Musa envia carta aberta ao Governador do AM sobre a liberação do Mercúrio

jul 4 2012

Nesta segunda-feira, dia 2, o Professor Ennio Candotti, ex-presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBPC, e atual Diretor do Museu da Amazonia - MUSA, e Vera Silva, conselheira do MUSA, divulgaram carta aberta ao governador do Amazonas, Omar Aziz, sobre a recente liberação de mercúrio nos garimpos do estado. Segundo o documento, existem alternativas ao Mercúrio adaptadas à realidade amazônica.

Confira a carta na íntegra.

Manaus 2de julho de 2012
Exmo Sr Omar Aziz

Governo do Amazonas libera uso de mercúrio no garimpo

jun 26 2012

Reproduzido de http://www1.folha.uol.com.br/ambiente/1106992-governo-do-amazonas-libera...

KÁTIA BRASIL (DE MANAUS)

O governo do Amazonas regulamentou a licença ambiental para o garimpo, liberando o uso de mercúrio na separação do ouro de outros materiais.

A utilização do metal é polêmica, porque polui rios e contamina peixes e seres humanos, podendo provocar intoxicação e lesões no sistema nervoso. Há 20 anos, ecologistas pediram a proibição do uso do mercúrio na Carta da Terra da Eco-92.

AMEAÇAS DIANTE DA FRAGILIDADE DAS POLÍTICAS SOCIOAMBIENTAIS NO AMAZONAS

mar 22 2012

O reconhecimento da importância da conservação ambiental pelos poderes públicos e pela sociedade civil no Amazonas permitiu, nos últimos anos, alguns avanços nos instrumentos de proteção ambiental e no reconhecimento dos direitos das populações tradicionais indígenas e não-indígenas do Estado.

Oficinas discutem zoneamento das atividades de pesca no Médio Rio Negro (AM)

set 29 2011

Oficinas discutem zoneamento das atividades de pesca no Médio Rio Negro (AM)
[28/09/2011 17:12]

Realizadas em Barcelos e em Santa Isabel do Rio Negro no mês de setembro, as oficinas de trabalho apontaram resultados de um mapeamento participativo e recomendações sobre conflitos e sobreposição de atividades e interesses associados às diferentes modalidades de pesca. Concluiu-se que o comprometimento de órgãos públicos, a mobilização e articulação dos atores locais é o que definirá o avanço na construção de acordos e termos de conduta e a possibilidade real da execução de políticas públicas para o ordenamento pesqueiro na região.

http://www.socioambiental.org/nsa/detalhe?id=3415